Notícia

7 dicas para avaliar a localização do imóvel

Compartilhar:
22/03/2018

Em qualquer propaganda que você já tenha visto sobre a venda de imóveis um item é tão primordial quanto a qualidade do bem a ser adquirido: a sua localização. Mas será que ela de fato atende às suas necessidades?

Para ajudá-lo a definir a conveniência deste item, preparamos a seguir uma lista com alguns aspectos importantes a serem considerados. E com certeza isto terá um peso – às vezes decisivo – em sua decisão de compra de um imóvel. Aliás, estar atento a esta condição pode evitar muita dor de cabeça e até prejuízos. Confira.

1. Veja quais são as principais rotas de acesso
Quando se pensa em localização de um imóvel, é importante avaliar não apenas a sua distância em relação a outros pontos de referência, mas também quais são as vias de acesso que levam até ele. Dê preferência a trajetos em vias principais e bem conservadas, que permitam fluidez no tráfego.

2. Do trabalho para casa
Além da boa localização do imóvel em relação aos principais pontos de referência da cidade, o que vai contar realmente é seu deslocamento diário para o trabalho (ou escola ou, enfim, o que for relevante em sua rotina). Experimente fazer o trajeto, se possível em diferentes horários, e verificar em quanto tempo consegue realizá-lo, em média. E lembre-se que isso passará a fazer parte do seu dia a dia. Mas não se precipite. Mesmo se o percurso for um pouco mais longo do que o pretendido, ponha na balança o tempo versus os benefícios do novo imóvel. Às vezes, cinco ou dez minutos a mais no trânsito compensam pelo ganho em qualidade de vida.

3. Mais infraestrutura no entorno, menos deslocamentos
Às vezes, o mais cansativo não é percorrer o caminho entre a casa e o trabalho, mas sim as inúmeras vezes em que precisamos sair para fazer alguma coisa, como atividades físicas e de lazer. No entanto, se o local onde você for morar já dispor de uma boa infraestrutura de lazer para isso, provavelmente você precisará se deslocar com menos frequência.

4. Preço do imóvel x infraestrutura local
A localização também diz respeito ao que o próprio bairro ou condomínio oferece. Existe infraestrutura básica e de qualidade, como boa pavimentação das ruas, iluminação pública, redes de água e esgoto já instaladas, drenagem adequada para as águas da chuva, rede de telefonia operante, calçamento e paisagismo bem cuidado? Tudo isso significa mais conforto e também valorização do imóvel.

5. Segurança é essencial
OK, você escolheu um belo imóvel, em uma localização privilegiada. Mas o acesso até ele é seguro? Locais com portaria 24h, bem iluminada e com cuidados a mais, como entrada privativa para moradores e controle de acesso a visitantes, são hoje fatores importantes na busca por mais segurança. E também contam pontos na hora de escolher seu imóvel.

6. Tranquilidade também faz parte
Não é porque você quer estar perto de tudo que não pode desfrutar também de um pouquinho de tranquilidade. Em imóveis bem servidos por áreas verdes e onde há locais específicos e bem equipados para o lazer a possibilidade de se ver cercado por barulho e excesso de agitação à sua volta diminui.

7. Seu novo bairro está pronto para crescer?
Não se limite a pensar no agora. Projete a compra que está prestes a fazer também para o futuro. O bairro onde está o imóvel que você avalia comprar está pronto para se expandir com novas construções e mais empreendimentos comerciais no entorno? Lembre-se que o desenvolvimento será vital para a valorização do imóvel.

Fonte: Folha de S. Paulo

Mais notícias